backtop

Deixa eu te contar sobre Transcrição – Parte I

  • Deixa eu te contar sobre Transcrição – Parte I

    Trabalho com fone, mas não sou DJ!,

    Transcrição de Áudio,

    Olá, pessoal!

    Chegou mais um post fresquinho do Trabalho com fone, mas não sou DJ, viva! Aproveita que tá quentinho, acabou de sair do forno =).

    Após me apresentar a vocês, vamos falar um pouco sobre transcrição de áudio em texto. Como é uma área ainda desconhecida por muitos, acredito que seja de suma importância sabermos suas origens. Afinal, como tudo isso começou? Senta que lá vem história!

                Transcrição de áudio, ou ao menos o que era mais semelhante a ela, surgiu como um serviço em meados dos anos 1900. Nessa época, o processo era rudimentar e geralmente utilizado por médicos para registrarem o histórico médico de seus pacientes. Justamente por ser trabalhoso, eles contratavam taquígrafos para lidar com os arquivos, os atualizarem, além de registrarem novos históricos. Mas, o que seria taquigrafia?

    A taquigrafia é uma técnica de escrita muito antiga, que consiste em criar registros escritos abreviados ou simbólicos, geralmente inspirados na Geometria, buscando aumentar a velocidade da escrita. Historiadores apontam Marco Túlio Tirão (? c. – 4 a.C.), um escravo romano e secretário do pensador Cícero, como o criador do Notae tironianae, as abreviaturas tironianas, as quais seriam o primeiro sistema de taquigrafia. Não, não são rabiscos que nem os que seu sobrinho faz na parede e te deixam maluco, é coisa séria, gente!  Olhem só aí embaixo.

    transcrição de áudio em texto

    Vale destacar, também, o médico e sacerdote inglês Timothy Bright (1551 – 1615), considerado o pai da taquigrafia moderna ao publicar, em 1558, o sistema de taquigrafia Characterie, propiciando o renascimento da taquigrafia como profissão. Após essa publicação, outros sistemas foram surgindo, especialmente na Alemanha, França, e no próprio Reino Unido. Ainda hoje é uma técnica bastante utilizada, especialmente em sessões do Legislativo de diversos países, incluindo o Brasil.
    postrodrigo2

    Agora, essa coluna não é sobre transcrição de áudio em texto? Então, como a taquigrafia, no decorrer da história, nos leva à transcrição de áudio? Isso fica para a próxima semana, na parte II deste post, não deixem de acessar para descobrir! Ah, e também não deixem de comentar e contribuir, aqui e lá no facebook da Audiotext, valorizamos muito a sua opinião!

    Forte abraço!

Gostaria de entrar para nossa equipe?

Seja um Texter
×
ATENÇÃO: e-mails Hotmail e Outlook filtram as mensagens para Spam. Coloque o e-mail falecom@audiotext.com.br em sua lista de contatos e caso não receba o orçamento na caixa de entrada, verifique a caixa de Spam.